Compartilhar
Nacional
Voltar

90º Enic congregou autoridades e especialistas para discutir o futuro do Brasil e da construção civil

22/05/2018

Fonte: Agência Cbic

AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS PARA ALAVANCAR A INDÚSTRIA E O PAÍS, BEM COMO AS NOVAS TENDÊNCIAS DO SETOR, ESTIVERAM NA PAUTA DE PRODUTIVOS DEBATES NO EVENTO DA ÚLTIMA SEMANA, QUE CONTOU COM A PRESENÇA DO PRESIDENTE TEMER

“Inovar e crescer, construindo um país melhor”. O lema do 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), realizado na capital catarinense na semana passada, de 16 a 18 de maio, norteou as inúmeras discussões nos painéis das comissões técnicas e fóruns, nas plenárias e nas conversas informais. Ao final de três dias intensos, os resultados do evento foram diversos: anúncios de interesse para o setor feitos pelo governo, lançamentos de portais e estudos, propagação de informações e conhecimento – os quais renderão muitos frutos ao longo dos próximos meses. O balanço é extremamente positivo, tendo o 90º Enic conseguido cumprir sua função de mostrar aos empresários a importância da inovação, com um olhar sobre o futuro do Brasil e dos negócios na construção.

 

Promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e realizado pela ssociação dos Sindicatos da Indústria da Construção Civil do Estado de Santa Catarina (Asicc-SC), o encontro reuniu cerca de 1.600 participantes no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira e em várias atividades por Florianópolis. “Foi um Enic maravilhoso, com muito conteúdo, network, discussões e, principalmente, pensando sobre como será a construção do futuro. A recepção dos catarinenses foi fantástica e o evento, mais do que tudo, mostrou uma união, uma competência do nosso setor, que está cada vez mais presente nos assuntosnacionais”, afirmou José Carlos Martins, presidente da CBIC.

 

SOLENIDADE DE ABERTURA E ANÚNCIOS


O anúncio da contratação de 50 mil novas casas no Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), ainda em 2018, foi o grande destaque da solenidade de abertura do 90º Enic, que contou com a presença de diversas autoridades políticas e mais de 1.200 empresários, dirigentes e profissionais do setor. “Nesse esforço de erguer um Brasil cada vez mais justo e próspero, a construção civil é uma aliada indispensável, até pelo fato de que gera muitos empregos”, ressaltou o presidente Michel Temer.

 

Carlos Martins comentou que a presença do presidente da República e sua equipe era mais um sinal da sensibilidade do governo perante o setor. “É uma demonstração da seriedade com que trata os temas associados a um segmento que busca caminhos para recuperar seu desempenho e resgatar seu papel como grande gerador de empregos, renda e dignidade para o cidadão”, disse.

 

Na ocasião, Temer também anunciou e assinou o decreto que cria a Estratégia Nacional para a Disseminação do Building Information Modeling (BIM) – uma política nacional que visa induzir a democratização do uso desse conjunto de processos construtivos em todas as obras e projetos realizados pelas diversas esferas do governo federal; e divulgou a publicação de editais de programa de apoio a concessões e parcerias público-privadas (PPPs) municipais.

 

José Carlos Martins aproveitou a ocasião para fazer um balanço positivo do governo e apontar os principais gargalos enfrentados pelo setor, como concentração bancária, insegurança jurídica e burocracia. No entanto, constatou que “o Brasil passa por uma revolução”.

 

Participaram ainda da solenidade de abertura cinco ministros de Estado – Helton Yomura (Trabalho), Marcos Jorge de Lima (Indústria, Comércio Exterior e Serviços), Alexandre Baldy (Cidades), Esteves Colnago (interino do Planejamento, Orçamento e Gestão) e Vinicius Lummertz Turismo) –; o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Dyogo Oliveira; o governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira; o prefeito de Florianópolis, Gean Marques Loureiro; os presidentes da Asicc-SC, Marco Aurélio Alicanta; da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Cortez; e do Conselho Nacional do Sesi, João Henrique de Almeida Souza; além do vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Paulo Antunes.

 

PLENÁRIAS E PAINÉIS TÉCNICOS


As manhãs do 90º Enic abriram espaço para duas grandes plenárias. Na quinta-feira, com o tema “Inovação e tecnologia: O futuro da indústria da construção”, a primeira plenária apresentou a variedade de tendências tecnológicas que estão a mudar o mundo, destacando o bem-estar humano provocado por essas mudanças. No dia seguinte, a plenária abordou “O Brasil que queremos no futuro - A agenda estratégica para um crescimento sustentado”. Políticos defenderam que as mudanças que o Brasil precisa passam pelo Congresso Nacional, mas só serão construídas pela mobilização do setor empresarial, a partir de uma aproximação do processo político para influenciar e cobrar a definição de uma agenda estratégica.

 

Sustentabilidade, infraestrutura, mercado imobiliário, segurança e saúde do trabalho, compliance e responsabilidade social foram as temáticas nas comissões técnicas e fóruns, cujas programações contaram com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional) e do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional).

 

Dentre tantos debates e novidades, alguns destaques foram: a Comissão da Indústria Imobiliária (CII) falou sobre as tendências imobiliárias e o futuro da Habitação no Brasil; a Comissão de Meio Ambiente (CMA) divulgou que as Normas de Conservação e Uso de Fontes Alternativas de Água serão lançadas até outubro; a Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) inaugurou o Portal CBIC de Normas Técnicas da Indústria da Construção; a Comissão de Infraestrutura (COP) entregou um projeto com medidas anticorrupção ao governo de Santa Catarina; a Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT) lançou o hotsite da CANPAT Construção; o Fórum de Ação Social e Cidadania (Fasc) levou uma futurista para falar sobre a transformação da humanidade; o Fórum Nacional de Empresas Prestadoras de Serviços discutiu melhorias na modelagem dos contratos; e no Banco de Dados, foi lançada uma cartilha sobre encargos previdenciários e trabalhistas.

 

As apresentações dos palestrantes do 90º Enic estão disponíveis ao público neste link e alguns painéis, transmitidos ao vivo, já podem ser conferidos na íntegra na página oficial da CBIC Brasil no Facebook. Por sua vez, no Flickr da CBIC constam todas as fotos do evento e, na Agência de Notícias CBIC, a cobertura jornalística completa.

 

PROGRAMAÇÃO EXTRA E SOCIAL


Reuniões e visitas técnicas, ao longo da quarta-feira (16), compuseram a programação prévia à abertura oficial do Enic. O Conselho de Administração deu início às atividades pela manhã e, no período vespertino, o Conselho Jurídico discutiu acessibilidade nas incorporações imobiliárias, dentre outros temas. Igualmente se reuniram os integrantes do programa CBIC Jovem.

 

O dia também incluiu uma visita ao novo Instituto de Cardiologia de Santa Catarina, que apresentou um caso prático de licitação em BIM, a primeira de projetos executivos feita pelo estado; e uma visita à Casa Eficiente, que é uma vitrine de tecnologia com uma série de sistemas e soluções integradas para a eficiência energética.

 

Para cada noite, a organização do 90º Enic preparou uma programação social, sempre no Centro de Eventos. No primeiro dia, após a solenidade de abertura, um coquetel foi servido aos presentes; uma edição exclusiva da Oktoberfest apresentou ao público a tradição catarinense na noite da quinta-feira; e a banda Fundo de Quintal foi responsável por animar a festa de encerramento.

 

Uma das novidades dessa edição do Enic foi a realização do 1º ExpoEnic, com estandes de empresas privadas, bancos, instituições de classe e do Sistema S. A feira contou com 29 expositores.

 

No próximo ano, a 91ª edição do evento terá o Rio de Janeiro como sede. “Finalizamos o Enic 2018 na Ilha da Magia e agora vamos com o Enic 2019 para a Cidade Maravilhosa, onde estaremos comemorando os 100 anos do Sinduscon-Rio e teremos, novamente, muitas palestras e novidades. Estamos preparando muitas surpresas”, adiantou o presidente da CBIC.

Serviço Social da Construção Civil

© 2012 SECONCI Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Arte Digital Internet

Seconci Brasil