Compartilhar
Seconci São Paulo
Voltar

Seconci-SP alerta sobre os males causados por refrigerantes

26/06/2018

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Seconci-SP

Essas bebidas podem desgastar os dentes, mesmo que não contenham açúcar
Tomar refrigerantes no almoço, jantar ou para acompanhar um lanche se tornou um hábito comum para diversas pessoas no dia a dia. Apesar disso, seu consumo excessivo pode causar problemas de saúde em geral, como hipertensão, cálculo renal, obesidade, enfraquecimento ósseo e até mesmo afetar os dentes. O dentista especializado em Odontologia do Trabalho do Seconci-SP, dr. José Paulo da Silva, explica quais as razões para diminuir ou eliminar a bebida do cardápio para garantir um sorriso saudável.

De acordo com o especialista, o processo digestivo se inicia na boca, logo todos os alimentos e bebidas tem contato direto com a língua e os dentes. “Os refrigerantes podem causar a cárie dental em qualquer idade, devido seus ácidos e subprodutos acidíferos do açúcar que estão presentes em grande quantidade. Até aqueles sem açúcar e/ou diet podem ser prejudicais, já que têm potencial para desmineralizar o esmalte dos dentes”, explica.

Limitar a ingestão de refrigerantes e praticar uma boa higiene contribuirá para manter um sorriso saudável. “A criançada e os jovens estão consumindo cada vez mais esse tipo de bebida, aumentando a quantidade a cada dia: de 180 ml na década de 80 para 500 ml nos anos 90”, comenta dr. José Paulo.

Tanto crianças, como adolescentes e adultos podem mudar o costume escolhendo líquidos com menos açúcar, como água, sucos naturais e água de coco, além de inserir cuidados simples na hora da escovação, conforme indicação do dentista:

1.    Procurar escovar os dentes após todas as refeições.
2.    Usar creme dental com flúor para reduzir a probabilidade de cáries e fortalecer o esmalte dos dentes.
3.    Usar o fio dental sempre após as refeições para alcançar a região entre os dentes, geralmente mais difícil de higienizar apenas com a escova. O fio deve ser puxado lateralmente para não machucar a gengiva. Importante evitar o uso de palitos para a limpeza dessas áreas, pois além de não ser indicado para essa finalidade, representa risco de ferimento às gengivas.
4.    Fazer bochechos com solução bucal ou enxaguante que auxiliará no combate aos ácidos presentes na boca ou na prevenção e combate à cárie.
5.    Enxaguar, sempre que possível, a boca apenas com água depois da ingestão de refrigerantes, assim será possível remover os vestígios e diminuir a exposição aos ácidos.
6.    Buscar orientação constante do dentista, seguindo orientações para o uso do creme dental e do enxaguante bucal adequado a cada caso. Além disso, o profissional poderá indicar e realizar a aplicação de flúor na forma de espuma, gel ou solução.

Atualmente os cremes dentais possuem dosagem correta de flúor para reduzir o nível de bactérias na boca e a acidez, e também existem enxaguantes bucais de diversos sabores de acordo com a preferência do consumidor. “Ao adicionar na rotina medidas preventivas, você estará investindo em uma vida e sorriso mais saudável”, finaliza Silva.

Serviço Social da Construção Civil

© 2012 SECONCI Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Arte Digital Internet

Seconci Brasil